Salute

O que é a hipoglicemia?

Confira a seguir o que é hipoglicemia, conheça seus sintomas e saiba como evitar esse problema.

Em resumo, a hipoglicemia é um distúrbio provocado pela baixa concentração de glicose no sangue, e pode afetar pessoas de qualquer idade, portadoras ou não de diabetes.

No entanto, a hipoglicemia pode ser mais frequente em pessoas com diabetes devido à oscilação da glicemia, e neste caso, é preciso mais atenção para evitar complicações.

Por isso, para cuidar da sua saúde e da sua família, é importante entender o que é hipoglicemia, os sintomas comuns e entender como evitar esse distúrbio que pode ser perigoso quando não tratado.

Confira a seguir o conteúdo que preparamos para você!

Entenda como acontece a hipoglicemia

Ao longo do dia, dependendo de vários fatores, os níveis de glicose no sangue podem variar. Isto é considerado normal, porém, pode acontecer de os níveis ficarem muito baixos, o que pode ser um risco para a saúde.

Geralmente, a hipoglicemia ocorre quando o açúcar no sangue é inferior a 70 mg/dL. No entanto, é importante entender com seu médico quais são seus próprios níveis de açúcar no sangue e que nível é muito baixo para você.

Confira alguns sinais e sintomas de baixo nível de açúcar no sangue

A reação de cada pessoa ao baixo nível de açúcar no sangue é diferente. Por isso, é importante conhecer seus próprios sinais de que o açúcar no sangue está baixo.

Uma dica é anotar diariamente esses sintomas para ajudá-lo a conhecer seus sinais de quando o açúcar no sangue está baixo, desde os mais discretos, até os mais graves.

Os sintomas de baixo nível de açúcar no sangue incluem:

  • Sentindo-se trêmulo
  • Estar nervoso ou ansioso
  • Suor, calafrios e umidade
  • Irritabilidade ou impaciência
  • Batimento cardíaco rápido
  • Sensação de tontura ou tontura
  • Fome
  • Náusea
  • Sentindo-se sonolento, fraco ou sem energia
  • Visão turva
  • Formigamento ou dormência nos lábios, língua ou bochechas
  • Dores de cabeça
  • Problemas de coordenação
  • Pesadelos durante o sono
  • Convulsões

Pode acontecer de um nível baixo de açúcar no sangue desencadear a liberação de epinefrina (adrenalina), que causa os sintomas de hipoglicemia, como batimentos cardíacos acelerados, sudorese, formigamento e ansiedade.

Caso o nível de açúcar no sangue continue a cair, o cérebro não conseguirá obter mais glicose suficiente e poderá parar de funcionar como deveria.

Em geral, isso pode levar a sintomas como visão turva, dificuldade de concentração, pensamento confuso, fala arrastada, dormência e sonolência.

Porém, caso o açúcar no sangue permaneça baixo por muito tempo, deixando o cérebro sem glicose, poderá levar a pessoa a ter convulsões, coma e, mais raramente, causar a morte.

Veja como é feito o diagnóstico da hipoglicemia

Primeiramente, é necessário identificar a presença das seguintes condições:

  • Glicemia baixa (abaixo de 70 mg/dL);
  • Sintomas característicos;
  • Desaparecimento dos sintomas após tratamento para a hipoglicemia.

Caso esses sintomas apareçam com frequência, é preciso procurar o médico para entender qual o tratamento ideal e como fazer para evitar que os sintomas apareçam novamente.

Saiba como evitar a hipoglicemia

Para evitar a hipoglicemia, é recomendado manter os níveis de glicose na meta estabelecida pelo médico. Essa meta pode variar conforme a idade, condições gerais de saúde e outros fatores como diabetes ou gravidez.

Para prevenir a hipoglicemia, siga essas orientações:

  • Identifique os sinais da hipoglicemia de imediato;
  • Procure monitorar com frequência o índice glicêmico no sangue;
  • Faça pequenas refeições com menor intervalo de tempo e nunca fique sem se alimentar por muitas horas seguidas.

Hábitos saudáveis para evitar a hipoglicemia

É essencial manter hábitos saudáveis e estilo de vida ativo, além de seguir as orientações médicas para manter a meta de glicose ideal, evitando que ocorram os sintomas da hipoglicemia.

Saiba o que pode causar hipoglicemia em diabéticos

  • Aumentar a frequência dos exercícios físicos sem orientação;
  • Pular refeições e os horários de refeições;
  • Alimentar-se com menos do que o necessário;
  • Consumir medicamentos em excesso;
  • Ingestão de álcool.

Em casos mais graves, a hipoglicemia pode causar desmaios ou crises convulsivas e necessitam de tratamento médico imediato.

Por isso, se você desenvolveu a hipoglicemia, é muito importante aprender a identificar e a monitorar os sinais que o corpo apresenta ao indicar que os níveis de glicose estão caindo rápido.

Além disso, como a hipoglicemia pode ser um indicador de um problema de saúde mais grave, em caso de suspeita, é aconselhado procurar um médico para ter um diagnóstico mais detalhado.

Fique tranquilo! Caso você descubra que teve um episódio de hipoglicemia, acima de tudo, saiba que é possível ter uma vida normal. Basta ter alguns cuidados com a alimentação e uma rotina de exercícios e hábitos saudáveis.

Para isso, ter disciplina e força de vontade é fundamental. Dessa forma, será possível reagir e evitar a progressão desse distúrbio no organismo.

Seu endereço de email não será publicado Required fields are marked *

*