Melhores e piores exercícios para asma

Em algumas pessoas, o exercício pode desencadear uma crise de asma, com falta de ar ou outros sintomas. Esse quadro é chamado de asma induzida pelo esforço, ou asma induzida pelo exercício.

Felizmente, o fato de você ter asma não impede que você pratique esportes. As estatísticas mostram que um em cada 12 atletas olímpicos toma algum remédio para asma!

O truque é garantir que a asma esteja bem controlada com medicamentos – e escolher cuidadosamente sua atividade. Algumas são boas escolhas, outras podem ser um pouco mais complicadas.

Caminhada

Um estudo recente descobriu que adultos que caminham três vezes por semana durante 12 semanas na verdade melhoraram o controle da asma e os níveis de condicionamento físico, sem necessariamente ter crises.

No estudo, as pessoas faziam 30 minutos de caminhada de cada vez, com cinco minutos de aquecimento e cinco minutos de relaxamento. O aquecimento é importante porque ajuda a desenvolver a tolerância ao exercício.

Ioga

Ioga é ótimo para pessoas com asma. Por que? Provavelmente por causa do controle da respiração que a atividade induz. Exercícios respiratórios como os da Ioga podem ativar mais áreas do pulmão.

Para se ter uma ideia, um estudo descobriu que as pessoas que praticaram Hatha Ioga duas horas e meia por semana durante 10 semanas foram capazes de reduzir a medicação para asma.

Andar de bicicleta

Andar de bicicleta em um ritmo lento provavelmente não agravará a asma. Mas se a velocidade aumentar, é possível que a pessoa experimente algum sintoma. É provável que a inspiração e expiração rápidas, nesse ritmo, possam ressecar as vias aéreas, o que poderia desencadear um ataque de asma.

Corrida

A corrida de curta distância, em ritmo moderado, provavelmente não provoca uma crise de asma. Corridas mais longas, como uma maratona ou meia-maratona, no entanto, podem trazer problemas aos asmáticos.

A respiração ofegante, que acontece quando a pessoa vai percorrer a distância, vai ressecar e irritar as vias respiratórias. Por outro lado, se fazer uma corrida longa é sua atividade favorita, não desista, apenas certifique-se de estar adequadamente medicado.

Natação

Um ótimo esporte para os asmáticos é a natação, porque você respira um ar altamente umidificado e, geralmente, quente. E mais: ficar na posição horizontal pode, na verdade, ajudar a mobilizar a secreção acumulada em certas partes dos pulmões.

O cuidado a se tomar é com piscinas com muito cloro, pois o cheiro forte desse produto químico pode desencadear um ataque de asma. Como saber se o cloro está em excesso na piscina? Se você pode sentir o cheiro do cloro, então está em excesso.

Futebol, basquete e vôlei

O futebol, que talvez seja o esporte mais popular do mundo, faz com que os jogadores corram atrás uma bola quase sem parar, em explosões sucessivas. Se você tem asma, esse nível de atividade pode se transformar em crise. Apesar disso, esse esporte não é proibido para pessoas com asma, especialmente se você se preparar.

Existe até um estudo, em que meninos que fizeram treinamento intervalado por oito semanas observaram uma melhora na respiração quando jogaram futebol em campo.

Da mesma forma, no basquete acontece muita corrida para cima e para baixo na quadra e não há tempo suficiente para descansar. Isso pode fazer do basquete um esporte pouco confortável para pacientes com asma. De novo, isso não significa que seja impossível. O ex-jogador da NBA Tyson Chandler foi diagnosticado com asma em 2004, mas jogou basquete profissional por 12 anos, graças ao cuidado adequado com sua doença.

O vôlei pode ser uma boa escolha para pacientes com asma. Arremessar e rebater não envolvem muito movimento e quando um jogador corre, é em uma quadra pequena, e com outros cinco jogadores prontos para pegar a sobra da bola.

Informação segura e confiável deve ser divulgada!

Compartilhe com seus amigos! Basta clicar nos botões a seguir.

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Imprimir
Email
Seu guia semanal para uma vida mais saudável

Cadastre-se

receba gratuitamente informações atuais e relevantes para ajudar você a cuidar melhor da sua saúde

Subscription Form_SL
2023 Salute Blog® | Todos os Direitos Reservados